domingo, 22 de março de 2009

Desafio Lúdico II

DESAFIO LÚDICO II


VIDAS PARALELAS


Como paralelas
que jamais se encontram,
vivemos nosso amor
em mundos diferentes.

Te vejo,te escuto,
jamais nos tocamos,
nosso amor imenso
e irrealizável!

Entre nós,tênue véu
separa nossos corpos,
mas o amor persiste,
insiste,resiste.

E assim é nossa vida,
de tanto poder ter sido,
nada foi,nada existiu...

O amor permaneceu
em um beijo imaginado,
em carinhos intocados,
de universos paralelos
onde fomos sempre amantes
sem jamais termos amado!

Sonia Regina.

2 comentários:

Renato de Oliveira disse...

Oi, Sonia!

Poema lindo, muito sofrido!

Retiremos as paralelas para que o amor se concretize!

Beijinho,

Renato

carmen disse...

Lindo poema, triste sim, mas real, muitas vezes...
Muito lindo!!!