terça-feira, 21 de outubro de 2008

A Saúde está Doente???

Ultimamente tenho ficado bastante triste com várias coisas que tenho visto e ouvido falar...
Como alguns de vocês sabem, eu trabalho em um Posto de Saúde da Prefeitura e não tenho visto uma luz no fim do túnel, que me dê alguma esperança quanto à Saúde Pública...

Todos sabemos que a saúde neste país está agonizando, que cada vez mais somos em menor número para atender cada vez mais pessoas em busca de Saúde, de um alívio para as suas mazelas... Faltam médicos, recursos básicos para o atendimento do nosso povo, etc... A propaganda é muito maior do que a realidade e, nestes 29 anos de "servidão pública", tenho ficado abismada com a capacidade dos nossos governantes em se superar, piorando cada vez mais o serviço público... Minha mãe, de 85 anos, sempre disse que no serviço público nunca dá para dizer "pior do que está não dá para ficar", que os nossos governantes sempre se superavam, encontrando maneiras de piorar ainda mais a situação!!! Eu até achava engraçado... mas não é que ela tem razão???

Procuro atender aos que me procuram, conseguindo consultas, tratamento, exames, receitas para os que necessitam de remédios de uso contínuo, pois a marcação de consulta já está para Janeiro de 2009!!!

O pior é que a miséria está cada vez maior e os casos sociais cada vez mais difíceis... Tenho pego muitos casos de problemas psiquiátricos sem ter para onde referendar, de crianças em depressão, de tentativas de suicídio, de pessoas necessitando de consultas "prá ontem", consultas de pessoas com suspeita de doenças sérias, abusos de crianças, histórias que nem dá para enumerar aqui... Um horror!!!

E nos sentimos cada vez mais impotentes diante de tantas necessidades, diante de tantas impossibilidades... Quem quer ajudar, se não tomar cuidado, acaba por entrar em depressão; quem não está "nem aí", até por defesa, acaba por se tornar uma pessoa fria, sem empatia alguma... Triste, muito triste...

Vocês, meus leitores, me desculpem este desabafo, mas o dia a dia desta situação não está nada fácil, apesar de ainda tentar continuar a "dar conta do recado"...


16 comentários:

* O Cantinho da Lia * disse...

Oi Carmem, bom dia...
Tudo que se passa aí, passa igualmente aqui em minha cidade...
Aqui são 85 mil habitntes, e passamos desepero mesmo...Nós, que não temos dinheiro pra pagar médico particular...Eu confesso que não tenho dinheiro e toda vez eu recorro ao posto de saúde mesmo;Meu filho estava fazendo tratamento por causa da renite e hipertrofia de adenóides com o otorrino, mas este saiu da prefeitura e agora só atende particular,; não temos mais nenhum médico otorrino atendendo pelo SUS ou prefeitura...Eu tentei levar no particular, mas não "deu boca" pra mim não...então vou cuidando dele como posso...

Beijos, fica com Deus.

bete pereira da silva disse...

Sim. Minha mãe está precisando de fisioterapia, e ela está agendada para final de novembro, mas o detalhe: o agendamento é para fazer agendamento!!! Meu filho está péssimo da rinite, e não tem paciência para postos de saúde, então ele fica se tratando nas farmácias, tomando remédios cheios de corticóides, que não vão lhe fazer bem. Eu tenho um convênio meia boca da empresa onde trabalho, aquele, onde o médico não nos olha na cara, e a gente é encaixado em 5 minutos entre os que pagam, ou que são de convênios melhores.

Eu mandei tudo a pqp, não vou voltar mais nesses médicos não...

Mas fico triste pelos meus pais, eles mereciam um atendimento melhor, mas não existe. Perto de casa existe um hospital público que é muito bom, desde que você chegue lá com uma faca encravada no peito, uma bala, aí eles atendem até que bem.

De resto, fique na fila, espere, aguarde, agende.

É humilhante e triste.

carmen disse...

A realidade, infelizmente, é esta...
Dá pena de ver o olhar das pessoas em desespero,procurando por alguma saída, por alguma solução...
Confesso que tenho pensado muito em me aposentar, pois já vou trabalhar infeliz... mas não dá, vou perder boa parte do meu salário e meus filhos ainda estão estudando. Tenho que aguentar mais um ano... Mas fico penalizada com aquelas pessoas tão necessitadas; mas cada vez consigo fazer menos por elas... é muita burocracia e escassez...
Estamos tentando administrar a miséria de recursos, o inadministrável!!!

carmen disse...

A nossa realidade está muito triste!!! Fisioterapia??? nem pensar, Ortopedia??? fila prá mais de ano...
Psiquiatria??? só se surtar...
E tem mais filas por aí...

Gostei da idéia de chegar com a faca no peito, daquelas de mentirinha, que parecem que está atravessando o infeliz... Quem sabe?

O pior é que tenho que ir para o tronco, ou melhor, para o tranco, trampo, sei lá...

Fui!!!
Saúde, muita saüde para vocês...

Pelos caminhos da vida. disse...

Realmente Carmem, a saúde brasileira está uma vergonha.
Mas esperar melhoras de onde,se o que chega até nós são apenas promessas e mais promessas.
Isto é um descaso com a população,principalmente aquelas menos favorecidas.
Esperança ainda tenho,mas minha mãe sempre fala assim: A esperança é a última que morre, mas ela tb morre.
Vamos continuar esperando,quem sabe um dia alcançaremos.

beijooo.

Rubinho Osório disse...

Palma, palma, não priemos cânico!, diria o Chapolin Colorado!!!
Há esperança, sempre!

Alice disse...

...é mesmo vergonhoso, e humilhante, e degradante, se não bastasse a falta de respeito !


bjussss

Renato Oliveira disse...

Olá Carmen,

É preciso denunciar todos os males que afectam as populações. E este problema da saúde é um direito legitimo do povo Brasileiro, se bem entendo a Constituição da República Brasileira!

Mas questionem os políticos para saberem se eles e as suas familias têm toda a assistência de saúde na hora H!

Beijinho,

Renato

carmen disse...

Ana, já passei por tantos governos, e sempre consegui manter um pouco de esperança... mas agora, até ela está definhando...

carmen disse...

Alice, o respeito está longe, tanto da população quanto dos funcionários.

carmen disse...

Rubinho, sei não...

carmen disse...

Renato, aqui no Brasil há uma enorme diferença entre a Saúde Pública e a Saúde Particular...
Como estamos em período eleitoral, haja promessas... e propaganda que nem parecem com a realidade, mas depois... todos caem no esquecimento.
O mais difícil é que a população nos confunde com a instituição e nos cobra como se fôssemos culpados...
Bjs

Cadinho RoCo disse...

A situação política brasileira está um desastre e o que é mais grave; camuflada. Quando é assim, a saúde sente e rápido, porque está presente no cotidiano de todos nós.
Csdinho RoCo

carmen disse...

A Saúde é um setor que só dá despesa... e como a miséria ainda continua grande, acaba refletindo na saúde do povo, que vêm em fila... exigir e/ou mendigar os seus direitos...

Jhacy disse...

Olá Carmem,

Entendo nuito bem o seu desabafo, o descaso com a saúde está cada vez maior. Sou enfermeira também, e sinto essa mesma angústia quando vejo pessoas morrendo por falta de atendimento, por falta de vaga, por omissão. A úúnica coisa boa é sabermos que existem ainda profissionais comprometidos e que não se conformam com essa situação. Um grande beijo pra ti.

carmen disse...

Jhacy:
Que bom que tem mais uma enfermeira que leva a nossa profissão a sério...
Obrigada pela visita e pelo comentário...
Irei lá visitar a su Lua, minha senhora...rsrsrs