quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Esquartejando melancias...


foto "de casa"

Coloquei no meu site uma crônica sobre a arte de comer melancia, pois o meu filho não sabia come-la de forma a ingerir algo mais do que só o seu suco, e desprezava até o bagaço!!!

Pena que não fotografei a era antes da elaboração do meu "Manual Explicativo para Comer Melancia", pois ontem, quando ele comprou uma melancia enorme, antes de esquarteja-la, pedi a ele para reler a crônica para depois aprecia-la melhor. Após a sua leitura, ele a comeu com a devida técnica, como vocês podem ver!!!

Se você quiser entender o que eu estou falando, clique aqui para ler a crônica inspiradora deste post... Então entenderá a minha satisfação ao ve-lo comer "dentro dos conformes":



foto "de casa"

Vejam como melhorou!!!

Ah! A propósito, a melancia estava deliciosa!!!

8 comentários:

neli araujo disse...

Oi, Carminha!

da próxima vez, pode chamar para comer melancia junto, que eu adoro, hehehe

Ótimas fotos! Ah, e a crônica (que eu já tinha lido,rsrsrs) também!

beijinhos,

neli

renato disse...

Olá, Carminha!

Não há nada como ter uma professora como você! Seu filho aprendeu rapidinho com Mamãe!

É pena eu não gostar de melancia como já falei na sua crónica! Prefiro comer um bom melão, acompanhado com presunto e um bom Champagne (pode ser Moet et Chandon)!

Beijinho,


Renato

Rubinho Osório disse...

Este fim de semana também destruimos uma melancia aqui em casa. Éramos 15 a come-la...

carmen disse...

Oi, Neli:

Tenho uma metade de uma melancia na geladeira... Se quiser, é só vir e nos ajudar a destrui-la!!!
rsrsrs

bjs

carmen disse...

Renato,

eu também amo melão!!! E com presunto então!!!

Agora Champagne não faz muito a minha alegria... Enfim, quem sabe um dia...

bjs

carmen disse...

Rubinho:

Precisaram de 15 para destrui-la???
rsrsrs

bjs

poetaeusou . . . disse...

*
e de aguçado apetite,
fiquei,
,
amanhã irei saciar-me,
,
brisas serenas, deixo,
,
*

carmen disse...

Poetaés:

Espero que tenha se sacisdo de tanto comer melancia...

Se quiser uma fatia, ainda tenho...

até...