quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Ingratidão...


imagem da net


Sentimento que dói
na alma, no coração
Nos tornando infelizes,
apesar da percepção,
de que fizemos o possível
e talvez até o impossível,
para tentar alcançar
a "tão sonhada perfeição"

Ingratidão nos tira o sono,
nos corrói o coração
tirando a nossa paz...
Sentimento de desilusão
Frustração sem razão

Perdoar a ingratidão? Sim
Suportar para sempre? Jamais!!!
A ingratidão deve dar lugar
a um conhecimento mais profundo,
com mais respeito, reconhecimento

Senão, deteriora a relação
criando um imenso abismo
muitas vezes intransponível,
sem amor verdadeiro
Uma verdadeira decepção...

by Carmen,
a Musa



imagem da net

4 comentários:

Sarah disse...

Carmesita!

Penso que infelizmente a ingratidão é algo que vamos encontrar durante toda nossa caminhada de vida. Algumas pessoas são incapazes, às vezes, de reconhecer certas coisas. Mas quando eu me deparo com isso, tento lembrar das vezes em que eu mesma fui ingrata. E não foram poucas (minha mãe que o diga! rs). Isso não muda a situação, mas alivia um pouco lembrar que somos todos humanos, ingratos por natureza.


Um forte abraço.

carmen disse...

Sarah:

Não deixa de ser um alento...rs

Mas no momento estou tentando juntar meus caquinhos, querida...

Mas espero logo estar "pronta para outra"!!! Eu, hein?

bjs

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Carmen!

Seu poema doeu em mim...nada pior do que sentirmos que todos os nosso esforços e cuidados foram em vão!!!

Ingratidão apunhala a alma...no entanto nos faz conhecer como o outro ,de fato,é!

Um beijo!

Sonia Regina

carmen disse...

Onia Regina:

E você nem imagina como doeu e ainda dói em mim...

Mas espero passar esta fase...
O melhor é dar tempo ao tempo e seguir em frente.

Mas ainda espero que seja só uma fase de uma adolescente, que mais tarde seja mais grata. Senão, vai ser difícil, né?

bjs, querida