segunda-feira, 5 de julho de 2010

Saber Viver

*
Não sei...
Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura...
Enquanto durar
*
(Cora Coralina)
*
PS: Este poema eu recebi da Jacira há muito tempo!!!
Saudades...

8 comentários:

Inside Me disse...

ohhh tb lobo da cora... só podia sex explêndida mesmo... profunda, completa...

O cantinho da Lia disse...

Lindonaaaa...saudades de vc.

Carmem, eu acho que a vida é curta sim. E devemos vivê-la o melhor possível. Amar, fazer o bem, não guardar rancor das pessoas, cuidar bem dos filhos, parentes e amigos. Aprender com o erros.
A vida é linda, é maravilhosa; e Deus está presente pra nos auxiliar e abençoar.

Beijos linda.

Com carinho
Lia

Rubinho Osório disse...

Interessante, li esse poema ontem em outro blogue... coincidência??

Pelos caminhos da vida. disse...

Lindo poema.

Obrigada pela sua visita Carmem.

beijooo.

carmen disse...

Izy:

A Cora é mesmo uma lição de vida!!!

Amo os seus escritos e sempre me surpreendo com a sua singeleza e profundidade ao mesmo tempo.

beijão!

carmen disse...

Lia:

Que saudade!!! Verdade... pensei que tivesse esquecido dos amigos...

Que bom que voltou!

A vida é curta e devemos remir o tempo, com certeza!!!

Concordo com tudo o que disse.

bjs

carmen disse...

Rubinho:

Sei lá...
Coincidência ou não, ele é muito bonito... Recebi da Jacira em Setembro do ano passado e resolvi posta-lo, pois acho muito pertinente e ando sem condições de mexer muito no computador.

Valeu!

bjs

carmen disse...

Ana:

que bom que gostou, afinal, amigos se visitam e ando em falta com os meus...

bjs